Início » Musicalidade » A Capoeira e o Cajueiro

A Capoeira e o Cajueiro

A Capoeira e o Cajueiro - Iê Camará
A Capoeira e o Cajueiro

Todo Capoeirista já ouviu uma música de Capoeira que fale de Cajueiro. Algumas são bem famosas, tal como:

É de mandá leco,
Cajueiro,
Mandá Loiááá,
Cajueiro,
Leco,
Cajueiro,
Loiá…

[soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/saciperereuk/cajue” ][/soundcloud]

Entender o significado da cantiga é essencial para que o cantador possa transmitir sensações e também perceber a identificação da roda.

O cultivo do caju no período colonial foi realizado com grandes sacrifícios sociais dos trabalhadores, devido às condições precárias de trabalho, cultivo forçado e falta de mobilidade. As práticas hediondas do trabalho forçado e escravo, dos impostos e dos castigos corporais tinham um objetivo único de beneficiar os interesses da Coroa Portuguesa.

Do Cajueiro, tudo se aproveita. Eles são ricos em vitamina C e Ferro e eram usados para medicar escravos doentes em tempos de escravidão. O Cajueiro foi levado pelos Portugueses do Brasil para a África e também Ásia. Em Goá, o cajueiro chegou mais ou menos no século XVI para lutar também contra a erosão. Na década de 70, Moçambique foi o maior exportador de Caju do mundo.

[Erosão é o desgaste do solo e das rochas, em geral feito pela água da chuva, pelo vento ou, ainda, pela ação do gelo.]

Devido às péssimas condições, muitos escravos preferiam dormir ao relento sob cajueiros, ao invés de se submeterem às péssimas condições de conforto e higiene dos alojamentos.

No Brasil Colônia, os negros escravos usavam o Caju como remédio. Desembarcados enfraquecidos e vitimados de doenças, se recuperavam a saúde debaixo dos cajuais. Muitas vezes quando se procurava por um negro escravo e não o encontravam, provavelmente ele estava sob um Cajueiro.

A cantiga abaixo reflete algo como:

 

[highlight]

É de mandá leco, Cajueiro, é de mandá Loiááá, Leco, Cajueiro, Loiá…

[/highlight]

[highlight]
Se mandar eu vou
Cajueiro
Ir lá olhar
Cajueiro
Negro [/highlight]

O objetivo era saber da situação daquele negro, procurá-lo, que mais tarde seria útil e necessário para continuar a exploração e o trabalho escravo. Pois a mão-de-obra daquele escravo era necessária e por isso precisavam deles fortes e com saúde.

Sombra do Cajueiro

Veja algumas músicas que citam o famoso Cajueiro:

Galha do Cajueiro – Wilson Simonal

Vou fazer minha queixa
Quando o meu papai chegar
Mamãe não me deixa subir nesse galho 
ela disse que eu caio vou lhe dar trabalho
Quando o meu papai chegar
Corro pra ele vou lhe contar 

Papai, mamãe não quer
que eu suba no cajueiro
ela falou se eu subir eu caio
da galha do cajueiro! (3x)

Me tira, mamãe, me tira
me tira deste castigo
eu subo naquela galha
não corro nenhum perigo
eu quero tirar caju
eu vendo e ganho dinheiro
me deixa, mamãe, me deixa subir
na galha do cajueiro!

cajueiro-venda

Referência:
A produção de Caju em Moçambique e a Dinâmica Socioespacial

***O relato deste post não reflete a verdade absoluta e pode haver outras versões, lendas e histórias que clarifiquem melhor o fundamento da cantiga e o contexto do Cajueiro na Capoeira.  – (Professor Danilo)

...
Profile photo of Danilo Barros
Written by
Professor do Grupo Quilombolas de Luz Capoeira. Em constante aprendizado, por isso também Aprendiz. O maior desafio para liderar uma roda de capoeira, é manter-se ciente de sua responsabilidade e, principalmente, de que quem conduz o ritual depende de todos os participantes para fazer acontecer.
  • Dimas Foxx

    Muito bommm

  • Juliana Lima

    Show de bola, podíamos marcar de ir todos na exposição do Itaú cultural, que mostra à história do Brasil http://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/12/bhistoriab-contada-pela-arte.html
    Esse quadro está lá, foi pintado à mão em 1835…

  • Wagner

    Parabéns pelo trabalho! A musica atribuida ao Simonal é na realidade de autoria do Tião Motorista. Axé.

  • Caiçara

    Muito bom, camará. Seguindo a linha desse artigo, gostaria de sugerir outras músicas que têm versões variadas para sua pauta. Dentre elas, a cantiga “Lembra do barro vermelho” também cantada como “Leva pro barro vermelho” e “Lemba do Barro Vermelho”.

    • Fala Caiçara. Cara, ótima lembrança. Em breve espero poder incluir este tema também no Blog. Forte Abraço.

  • Claudio moreno

    Parabéns pelo blogs Danilo.show de capoeira.ass:mestre.claudio moreno.grupo de capoeira Regional Coaching internacional.tel:985145213.obrigado obs:um forte abraço em todos capoeiristas.do Brasil. E do mundo..?

    • Olá Mestre, obrigado. E compartilhe com o maior volume de pessoas que puder. Um abraço.

  • Claudio moreno

    Boa tarde pra todos ?

Lost Password

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.

EnglishGermanPortugueseRussianSpanish
Skip to toolbar